Nesta terça-feira, 27, a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE) recebeu a visita do ex-deputado federal e atual presidente do diretório estadual do PRB, Pastor Jony Marcos. Na oportunidade, a diretoria apresentou a importância da aprovação do projeto Oficial de Polícia Civil (OPC) para agentes, escrivães e agentes auxiliares da Polícia Civil, bem como para o cidadão, que terá o atendimento otimizado nas delegacias dos 75 municípios sergipanos.

“Aproveitamos também a oportunidade para destacar nossas preocupações em relação ao Projeto de Lei (PL 1949/2007) que instituirá a Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil. A intenção das entidades representativas dos policiais civis em todo o país é levar para a nova legislação maior modernidade para a Polícia Civil em todo o Brasil. Nosso objetivo final é que haja redução nos índices de violência e criminalidade de maneira contínua”, destacou Ênio Nascimento, diretor Jurídico do Sinpol/SE.

Durante a reunião, a diretoria destacou que ainda há pontos divergentes entre os policiais civis, representados nacionalmente pela Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais (Cobrapol), e o Governo Federal. “Defendemos um projeto maduro que proporcione políticas de Segurança Pública mais eficientes ao cidadão e que tenha um olhar integrado de forma que se preocupe com todos os profissionais inseridos neste contexto. Na segunda quinzena do mês de setembro estaremos reunidos na Câmara Federal com o deputado federal João Campos (PRB-GO), que provavelmente será o relator do Projeto de Lei da Lei Orgânica”, reforçou Ênio Nascimento, que também é diretor de Assuntos Internacionais da Cobrapol.

Participaram ainda da reunião Robenilde Gonçalves, vice-presidente do Sinpol/SE, e os diretores Financeiro, Luciano Melo; e Administrativo, Leonardo Mota. O Pastor Jony esteve acompanhado do irmão, Léo Aracaju.