A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE) se reuniu na manhã desta sexta-feira, 31, com o diretor do Instituto de Identificação, Jenilson Gomes, para tratar sobre a emissão do Documento de Identificação dos Policiais Civis aposentados.

Na oportunidade, foi confirmada a atualização tecnológica necessária por parte do Instituto de Identificação para providenciar a emissão dos documentos que são de suma importância para a dignidade do Policial Civil aposentado depois de anos de serviços prestados ao Estado e à sociedade, sendo necessário agora um ordenamento por parte da Superintendência Geral da Polícia Civil.

“O diretor do Instituto informou que já foram feitas as atualizações e já tem a capacidade técnica de realizar a emissão e que depende de um cronograma a ser enviado pela Superintendência Geral da Polícia Civil com a quantidade total e quem irá receber esse documento de uma forma ordenada, agendada e respeitando um limite de atendimento diário para respeitar as condições sanitárias impostas pela pandemia. Esse é mais um direito conquistado para a categoria. O próximo passo é o Sinpol ir até a Superintendência Geral da Polícia Civil e cobrar que esse cronograma seja emitido o mais breve possível para que possamos colocar em prática esse processo que dá ao aposentado o direito do uso do documento funcional”, pontuou Jean Rezende, diretor de Políticas Sindicais e Associativas do Sinpol/SE.

A regulamentação e a expedição do documento foram pleitos do Sinpol/SE junto à Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe em abril deste ano, através do ofício n.º 11/2020, para que os documentos de identidade funcional dos Policiais Civis aposentados fossem regulamentados e expedidos pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.