A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) também se manifestou publicamente em seu site (www.cobrapol.org.br) e redes sociais em apoio aos policiais civis de Sergipe, no referente ao projeto abusivo apresentado pela Associação dos Delegados de Polícia Civil de Sergipe (Adepol).

Todas as entidades sindicais de policiais civis do Brasil estão cientes da luta do Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe (Sinpol/SE) pela aprovação do Projeto Oficial de Polícia Civil (OPC) e valorização profissional de agentes, escrivães e agentes auxiliares que integram a Polícia Civil do Estado de Sergipe.

Confira nota de repúdio na íntegra:

NOTA DE REPÚDIO AO PROJETO DA ADEPOL DO SERGIPE

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis – COBRAPOL  vem por meio desta nota manifestar seu total repúdio ao Projeto da Associação dos Delegados da Polícia Civil do Sergipe – ADEPOL/SE que trata da alteração de carreira dos policiais civis, tirando direitos, reduzindo salários, diminuindo o requisito de escolaridade deixando de ser de nível superior passando a ser de nível médio, prejudicando a base da Polícia Civil, através de um ilegal  capitis diminutio  ao tentar criar um grave precedente de retrocesso na instituição.

A Adepol do Sergipe, que não representa a base, traz essa proposta indigna e que merece o nosso repúdio. Diversas Lideranças políticas também se manifestaram contrários à minuta do projeto. Por todo o retrocesso que esta ação insidiosa significa a Cobrapol, em nome dos mais de duzentos mil Policiais Civis do Brasil repudia fortemente o desrespeito da Adepol Sergipe para com a base da Polícia Civil do estado de Sergipe.